quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Projeto de Lei de Marcelo Coelho pede destinação correta de medicamentos vencidos

O deputado estadual Marcelo Coelho (PSDB) protocolou esta semana na Assembléia Legislativa um Projeto de Lei que torna obrigatório aos estabelecimentos farmacêuticos de todo o Espírito Santo alocar em lugar visível e de fácil acesso caixas coletoras para receber remédios e/ou produtos farmacêuticos com prazos de validade vencidos ou aqueles cujos usuários não queiram ou não necessitem mais fazer uso.

No Brasil os medicamentos, normalmente, são vendidos nas farmácias em caixa lacrada e vêm geralmente em quantidade superior ao indicado para o tratamento, o que leva o paciente a acumular uma “farmacinha” em casa. Com o tempo, estes produtos perdem a validade e são descartados nas pias, no vaso sanitário e no lixo orgânico. O que a sociedade desconhece é que ao serem despejados nos ralos estes medicamentos vão parar nos sistemas de tratamento de esgoto doméstico. Lá, as substâncias que compõem o medicamento podem interagir e matar as bactérias usadas para tratar o esgoto. Ou seja, a água que chega até nós pode conter fragmentos dos remédios e apresentar qualidade duvidosa.

Quando descartados no lixo orgânico, os remédios vão para os aterros sanitários, onde muitas vezes são catados e usados de forma incorreta por pessoas mal instruídas, além de contaminar o solo.

“Por ter tomado conhecimento de todos os males causados pela má destinação destes produtos, resolvi apresentar este Projeto, que considero de extrema importância para toda a população do nosso Estado", disse o deputado Marcelo Coelho.

O deputado argumentou também que até o momento não existe uma legislação que regulamente o descarte destes resíduos domésticos e as normas existentes que legislam sobre resíduos limitam-se aos dos serviços de saúde – de hospitais e farmácias – que têm a incineração como destino.

“Apresentei este Projeto, por ter conhecimento da necessidade de que estes produtos tenham uma correta destinação. Hoje as pessoas jogam os remédios vencidos nos lixos comuns ou nos ralos de suas residências, mas esta iniciativa acarreta uma série de males ao meio ambiente e a saúde de todos”, disse Marcelo Coelho.



Mais informações
Renata Salgueiro
Assessoria de Comunicação do Deputado Estadual Marcelo Coelho
(27) 3382-3627/ 9943-0178

Um comentário:

pedro disse...

EU MARCOS CRUZ SANTANA venho pór meio deste agradescer pelo cartaso lindo enviado por vc amigo e desde ja estou lhes pedindo uma ajuda para a realizaçao da 2ª PARADA GAY DE ITORORÓ-BAHIA TERRA DA CARNE DE SOL
NO MAIS SEGUE O MEU ENDEREÇO PRA CONTATOS OK
FELICIDADES TB
RUA AGNALDO MOREIRA 90 CENTRO BASNDEIRA DO COLONIA/ITAPETINGA BAHIA CEP.45700-000
BEIJOS EM SUA FAMILIA TB